“Quintal dos Prettos” completa um ano de muito samba, tradição e homenagem a Beth Carvalho

3 min read

O projeto Quintal dos Prettos, idealizado pelos irmãos Magnu Sousá e Maurílio de Oliveira, comemora um ano de vida em sua próxima edição, com data marcada para 5 de maio, no Espaço Maria Zélia. Será uma grande festa, no formato de roda de samba acústica, com muitas surpresas ao som do ritmo mais genuinamente brasileiro. A coordenação é da produtora cultural Margareth Valentim.

O “Quintal” tem como finalidade proporcionar ao público uma atmosfera das antigas rodas de samba, que aconteciam na década de 1980, em vários lugares do Brasil. Foi nesta época em que o gênero samba alcançou o seu apogeu e revelou grandes nomes como: Grupo Fundo de Quintal, Almir Guineto – “O Rei do Pagode”, Leci Brandão, Jorge Aragão, Zeca Pagodinho, Jovelina Pérola Negra e tantos outros. O evento acontece no primeiro domingo de cada mês, das 14h às 21h, no Espaço Maria Zélia, no Belenzinho.

Os irmãos Magnu e Maurílio, que formam a dupla Prettos, também idealizaram, em 2000, o projeto “Comunidade Samba da Vela”, movimento de grande expressão para a cena do gênero no país. Já são 25 anos de trajetória na música popular brasileira, com colaborações com nomes como Maria Rita, Diogo Nogueira, Jair Rodrigues, Beth Carvalho, Emicida e muitos outros no currículo. A intenção dos irmãos é clara: manter viva a tradição do samba no país.

“Estamos vivendo uma época difícil em que racismo, homofobia e violência de todos os tipos vêm imperando. O samba, no papel da música do Brasil, tem a função de amenizar essas dores”, afirma Magnu. Os artistas querem trazer boas recordações ao público, da época em que o samba não saía da boca do povo, relembrando os grandes sucessos do imaginário popular.

Em um mundo cada vez mais tecnológico, os irmãos perceberam que as pessoas precisavam dar um passo para trás. “O público foi perdendo a lembrança dos tempos em que a gente vivia o samba em casa, com a família, em festas de aniversário. O ‘Quintal dos Prettos’ juntou as duas pontas, o passado e o presente. Despertou nas pessoas uma saudade, elas se reencontraram com elas mesmas por meio do samba”, avalia Maurílio.

A roda de samba acústica é formada por 10 conceituados músicos paulistas, que seguram o samba por quatro horas seguidas, sem nenhum intervalo! Todos focados no objetivo de restabelecer a conexão das pessoas com o samba, promovendo um encontro de arte, cultura, lazer e entretenimento.

O projeto também abre espaço para fomentar o empreendedorismo, recebendo por evento cerca de 10 empreendedores da periferia de São Paulo, que expõem e comercializam seus produtos, fortalecendo assim a corrente, para que tenham oportunidade de gerar renda para si, para a própria família e o seu entorno.

SERVIÇO

Quando: 05 de Maio – Domingo
Onde: Espaço Maria Zélia
Endereço: Rua José Pinheiro Bezerra, 100 – Belenzinho – São Paulo | SP
Evento: 14h às 20h
Subindo a Roda de Samba: 16h
Ingressos Antecipados:
1° Lote: R$ 18,00
2° Lote: R$ 20,00
3° Lote: R$ 25,00
Ingressos na porta? R$ 30,00/
** As vendas antecipadas encerram dia 04/05  às 23h/
* Crianças de até 12 anos não pagam/Classificação? Livre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *