Exclusivo: Marcelinho, da Turma do Pagode, diz que DVD de 15 anos será gravado ainda em 2015

Exclusivo: Marcelinho, da Turma do Pagode, diz que DVD de 15 anos será gravado ainda em 2015

Responsável pelo cavaco de um dos grupos mais importantes do gênero em atividade no país, Marcelinho, da Turma do Pagode, bateu um papo exclusivo e pra lá de descontraído com o Samba & Pagode. Férias, novos projetos, uso das redes sociais como ferramenta de trabalho e união dos sambistas foram alguns dos temas abordados pelo pagodeiro, que é um dos defensores de uma classe mais unidade e forte e, sempre que pode, reúne companheiros, amigos e conhecidos para discutir a atual situação do ritmo mais popular e brasileiro que existe.

Voltando ao ritmo normal de trabalho pós-férias, Marcelinho conta que o grupo ainda está naquela fase de readaptação, mas revela que o meio musical passa por uma crise que faz com que a quantidade de apresentações sejam menores. “Retornamos de férias há dois meses e o ritmo ainda está bastante variado. Tivemos semana com apenas dois show, mas foram grandes apresentações, em Porto Velho e Manaus, ambas com casa cheia e mais de seis mil pessoas cada. O Brasil vive uma crise muito grande e o movimento da música também está sofrendo com isso, mas acredito que seja temporário. Semana que vem já temos agenda cheia e isso está variando bastante”, explicou.

Trabalhando na turnê do CD e DVD Mania do Brasil, gravado no Espaço das Américas, em São Paulo, e lançado em 2014, Marcelinho comemora o sucesso do novo trabalho e aponta uma estratégia utilizada por outros grupos para conseguir um retorno possível.

“A gente segue uma linha de divulgação que foi deixada pelo Exaltasamba. Quando eles gravavam as músicas que ainda seriam lançadas, isso durante os ensaios, eles soltavam nas redes sociais e também no Youtube. Isso explica muito o sucesso de várias músicas antes mesmo delas serem divulgadas nas rádios. Fizemos isso no trabalho Som das Multidões e também no Mani do Brasil. É impressionante a quantidade de pessoas gravaram nossas canções, fizeram coreografias e cantaram todas as mais de 20 músicas inéditas do novo 20″, contou.

marcelinho1

Quando questionado sobre o advento da internet dentro do mercado sonográfico e, com isso, a redução da comercialização física dos trabalhos autorais, Marcelinho frisou que os artistas contemporâneos precisam evoluir conforme os avanços das tecnologias, elogiou muito os aplicativos que ajudam os compositores e músicos, mas fez um alerta sobre o uso indevido de determinadas ferramentas.

“Pra mim, a internet é algo essencial, mas, como tudo na vida, faz bem e faz mal. Em excesso e com pessoas de mau coração, vai ser ruim. Agora, uma pessoa que sabe usar, é uma baita de uma ferramenta. Talvez a melhor ferramenta que invetaram desde que me trato como gente. É o meio mais rápido de se divulgar uma coisa. Claro que, com a divulgação e comercialização ilegal de alguns produtos, há músicos que ficam a ver navios, mas temos que nos preparar e encontrar alternativas. Por exemplo, hoje no Instagram, se um cara tem mais de 300 mil seguidores, qualquer coisinha que você posta, em menos de 3 minutos mais de mil pessoas absorvem seu produto”, afirmou.

Por falar em novas tecnologias e aplicativos que ajudam os músicos, Marcelinho contou que usa um dos programas mais populares de celular para compor suas músicas com amigos e até com gente desconhecida.

“Acontece muito, nos dias de hoje, você compor músicas através do what’s app. Temos cinco compositores na Turma do Pagode. Eu acho que o aplicativo acelerou muito o processo de composição. Eu sempre fiz musicas com o Caramelo, voz e banjo do grupo. Só que antigamente eu tinha que ir na casa dele ou mesmo ligar. Você não acredita, mas já chegamos a gravar melodia pela caixa postal, tipo ligar mesmo, deixar tocar até cair e ele ouvia depois. Coisa de louco. Tem hora que não dava pra se encontrar e tínhamos essa saída. Para se ter uma ideia, fiz músicas com um pessoal no Rio, que eu nem conhecia, e compus pelo Instagram. Trocamos telefone, whats app e por ai foi. O maior exemplo de sucesso de música composta pelo what’s app foi Surpresa de amor (assista abaixo), que fiz com o Ademir Fogaça.

Defensor ferrenho de uma classe de sambistas e pagodeiros mais unida, Marcelinho, por vontade própria e sempre que pode, reúne conhecidos do meio para discutir soluções e saída para tornar o gênero ainda mais forte e popular no país.

“No samba e no pagode não falta união das pessoas das pessoas. Jantamos juntos, compomos, mas envolve muito mais do que essas pessoas. A união que busco é muito mais do que divulgar o trabalho do beltrano na rede social, envolve mais alguma coisa, como ego de um escritório, por exemplo. Na minha opinião, estamos tomando um rumo bom, uma aproximação melhor, um lutando pelo outro. Somos unidos, sabe. Temos algumas ideias, eu, Rodrigo, Sorriso (Maroto), Thiaguinho, Revelação. Tenho um contato bom com o pessoal da antiga, Leandro Leart, Salgadinho. No ano que vem, inclusive, estamos vendo um evento para comemorar os 20 anos do Samba Cura”, contou.

DVD 15 ANOS DA TURMA DO PAGODE

Sobre os novos trabalhos, Marcelinho ainda segue focado na turnê Mania do Brasil, mas aproveitou para contar com exclusividade ao Samba & Pagode uma novidade digna da Turma do Pagode. “É quase certo de que gravaremos nosso DVD especial de 15 anos de carreira em novembro desse ano. Estamos fazendo várias reuniões e em nossa pauta está 50% definido que será em São Paulo. A menos que acontece algo fora do normal, mudaremos de local. Falo isso por custo e também por São Paulo ser a nossa cidade”, disse, que vê como interessante a ideia de gravar algo em uma das novas arenas da cidade. “Eu acredito muito que o samba seja capaz de fazer um show, independente da quantidade de artistas, dentro de uma arena. A diferença dos grandes shows internacionais que se apresentam aqui, é que eles acontecem uma vez por ano. A gente faz 200 por ano. Estou dizendo Turma, Thiaguinho, Péricles, Jeito Moleque e afins, mas com certeza seria sensacional”, concluiu.

Marcelinho opina sobre a chegada do Samba & Pagode

Assim como Thiaguinho e Péricles fizeram (relembre aqui e aqui), Marcelinho também opinou sobre a entrada do portal Samba & Pagode no mercado.

“Cara, falar de internet ou qualquer meio de comunicação hoje em dia, com uma velocidade rápida, é essencial para qualquer artista. Não só na música, mas em qualquer seguimento. É muito bom ter uma página assim, é o meio de divulgar a marca mais rápido. Pro movimento do samba e do pagode é, sem duvida, uma das melhores coisas que está pintando. Precisamos nos unir e divulgar”, afirmou.

A Turma do Pagode segue sua turnê Mania do Brasil e se apresentará em Franca, no dia 28, no CTN de São Paulo, no dia 29, em Ribeirão Preto e Votuporanga, no dia 30, e fecha o mês de maio em Lins, no dia 31.

Quer saber da agenda completa da TDP? Clique aqui e acompanhe por onde estará a Turma do Pagode durante a turnê do novo CD e DVD.

About author

Luiz Teixeira
Luiz Teixeira 298 posts

Luiz Teixeira, 29 anos, é formado em jornalismo, com especialização em produção e apresentação de telejornal, pela Universidade Anhembi Morumbi no ano de 2009. Trabalha desde 2007 na área e atualmente é repórter da Rádio Band News FM, de São Paulo. Natural de Taboão da Serra-SP, criou o site Samba & Pagode depois de um papo entre amigos do meio musical, assessores de imprensa, cantores e músicos. Viva o Samba!

Também recomendamos

Pagode 0 Comments

Grupo Samprazer divulga o clipe oficial da música Dominó; assista

Grande hit do Grupo Samprazer para 2018, a música Dominó, um dos carros chefes do novo DVD ao vivo do conjunto, ganhou um clipe oficial nesta semana. Produzido pelo Dig-Jam,

Pagode 0 Comments

“Futebol e Samba no Pé” reunirá os principais nomes do gênero em partida beneficente de futebol

No dia 06 de novembro, uma segunda-feira, acontece no Jabaquara Atlético Clube, em Santos, às 16h45 (horário brasileiro de verão), mais uma  edição do Futebol e Samba no Pé. Idealizado

Media box 0 Comments

Em ‘noite de sonho’ no RJ, Dilsinho grava 1º DVD da carreira com Mumuzinho, Ferrugem e Sorriso Maroto

*Do Rio de Janeiro, Lucas Basílio “Um sonho realizado!”. Assim o cantor Dilsinho definiu a noite da última quinta-feira (20), diante de um público de sete mil pessoas no KM

3 Comments

  1. Olá!! Sou a Janaina, estudante e apaixonada pela Turma do Pagode. Admiro o trabalho do grupo, sou louca pelos integrantes, adoro as músicas e sempre que posso vou aos shows. Sou amante do gênero musical samba e pagode. Descobri agora o site "Samba & Pagode". Achei bacana o conteúdo da página. Com certeza estarei sempre aqui, buscando informações sobre os principais artistas do gênero mais popular do país. =))))
    • Luiz Teixeira
      maio 31, 16:33 Reply
      Boa tarde, Janaina. É uma prazer para nós tê-la como leitora. Siga-nos no Twitter (@sambaepagodesp), Instagram (@portalsambaepagode) e no Facebook (Samba e Pagode) também. Obrigado.
  2. paula
    junho 27, 13:42 Reply
    Adoroo vcs são demais!! Jah era apaixonada antes, agora so aumenta junto c vcs, vo nos shows e saio querendo mais shows!! Rsrsrs eu vo na gravação do DVD de vcs!! Vcs merecem crescer e crescer mais e mais!! No ultimo show so faltou minha foto de presente de aniversário mais vai ter que fikar pra proxima!! Eu espero né fã de vcs viu! !! Um grande bju e mta sorte pra vcs

Deixe uma resposta