Nova turnê do sambista Diogo Nogueira chega aos palcos de todo o país em setembro

Nova turnê do sambista Diogo Nogueira chega aos palcos de todo o país em setembro

Com pouco mais de oito anos de carreira, o carioca Diogo Nogueira é, sem dúvida, um dos principais nomes da nova geração do samba brasileiro. Cantor, compositor, instrumentista, apresentador e que, recentemente, estreou como ator no musical “SamBRA”, o multifacetado artista estreia em setembro sua nova turnê nacional. Baseada em seu quarto disco de estúdio, Porta-Voz da Alegria, lançado em junho, o novo espetáculo já tem datas confirmadas em nove capitais do país.

A turnê “Porta-Voz da Alegria” estreia nacionalmente em 12 de setembro, no Citibank Hall, no Rio de Janeiro. Em 18 de setembro, o espetáculo chega a São Paulo, também no palco do Citibank Hall. Belo Horizonte será a terceira cidade a assistir à apresentação, dia 19 de setembro, no Chevrolet Hall. Em 1º de outubro, Manaus recebe o espetáculo. Belém verá a apresentação no dia 2 de outubro; no dia 10 de outubro, o cantor chega a Salvador e, no dia 24, a Curitiba. Em novembro, dia 14 é a vez de Vitória, e dia 20 de Porto Alegre. (mais informações no serviço, abaixo). Outras cidades serão confirmadas em breve.

A nova turnê do cantor tem no repertório as canções do novo álbum e os principais hits da carreira de Diogo. O público também ouvirá as músicas “Sangrando” e “Ponto de Interrogação”, de Gonzaguinha, além de pot-pourris de Djavan (“Avião”, “Flor de Lis” e “Fato Consumado”), de Almir Guineto e do Fundo de Quintal. O sucesso “Nó na Madeira”, de João Nogueira, pai de Diogo, também faz parte do set list do show, bem como “Codinome Beija-Flor”, um pedido pessoal da mãe de Cazuza, Lucinha Araújo, fã confessa da versão de Diogo Nogueira para o grande sucesso do filho.

Com Direção Musical de Boris Farias, iluminação de Césio Lima e cenografia de Zé Carratu, o espetáculo traz Diogo acompanhado de uma banda de 13 instrumentistas, composta por Henrique Garcia (cavaco), Dodô Moraes (teclado), Wallace Peres (violão), Inácio Rios (coro/banjo), Bruno Barreto (coro/percussão), Marcelo Pizzott (Percussão/Congas), Felippe Donguinha (Percussão/tantã), Maninho (Percussão/surdo), Wilsinho (Percussão/pandeiro), Luciano Bora (bateria), Fabiano Segalote (trombone) e Lamir Teixeira (sax/flauta), além de Boris Farias (baixo e programações). Aqueles que forem ao show também poderão assistir a Diogo tocando flugelhorn (instrumento de sopro da família dos trompetes) pela primeira vez em público. O cenário do espetáculo será todo construído com equipamentos de última geração de iluminação e telões de led, com diversos vídeos preparados especialmente para o show.

Com cerca de um milhão de cópias vendidas de seus CD e DVD, tendo sido indicado ao Grammy Latino por todos os seus álbuns, prêmio que venceu em 2010, Diogo é apresentador há seis anos do programa de TV “Samba na Gamboa”, maior audiência da TV Brasil, também exibido pela TV Cultura. Recentemente fez sua estreia como ator, sendo elogiado por sua participação no musical “SamBRA”, visto em diversas capitais do país. Diogo faz cerca de 120 shows por ano e no último mês de julho fez uma turnê pela Europa com o projeto Bossa Negra, passando por 10 países (França, Itália, Inglaterra, Portugal, Eslovênia, Holanda, Finlândia, Alemanha, Bélgica e Suécia).

Seu mais recente álbum, “Porta-voz da Alegria”, que dá base à nova turnê, o quarto de estúdio em sua carreira, produzido por Bruno Cardoso e Lelê (Leandro Oliveira), traz 17 faixas, 11 delas inéditas, juntando a contemporaneidade do samba sem deixar de lado a ligação essencial de Diogo com a tradição. Foi inteiramente gravado no Rio de Janeiro e tem duas faixas de autoria do próprio cantor (“Na Boutique” e “Paixão Além do Querer”), além de canções assinadas por nomes como Almir Guineto, Arlindo Cruz, Sombrinha, Leandro Lehart, Paulo César Feital, Pretinho da Serrinha, Xande de Pilares, Dudu Nobre, Jorge Vercilo, entre outros.

Algumas das músicas do novo álbum já são sucesso nas rodas de samba do Rio e SP, como “Alma Boêmia”, composta por Toninho Geraes e Paulinho Resende para Diogo, “Pra Que Brigar”, de Ladilson Bispo e José Roberto, e “Deixa eu Ir à Luta”, de Leandro Lehart. Durante a divulgação do álbum, Diogo lançou uma campanha online para reunir os momentos de alegria de seus fãs – anônimos e famosos – em um webclipe especial da faixa-título que abre o CD. A campanha reuniu mais de 2,5 mil participantes, com 150 fotos selecionadas, e o vídeo clipe foi lançado no último 13 de agosto.

About author

Luiz Teixeira
Luiz Teixeira 189 posts

Luiz Teixeira, 27 anos, é formado em jornalismo, com especialização em produção e apresentação de telejornal, desde 2009, pela Universidade Anhembi Morumbi. Trabalha desde 2007 na área e atualmente é repórter da Rádio Band News FM, de São Paulo. Natural de Taboão da Serra-SP, criou o site Samba & Pagode depois de um papo entre amigos do meio musical, assessores de imprensa, cantores e músicos.

Também recomendamos

Em outubro tem Zeca Pagodinho no Espaço das Américas apresentando seu novo CD “Ser Humano”

Quem gosta de Zeca Pagodinho e mora na cidade de São Paulo, não poderá perder a oportunidade de acompanhar o sambista em um show especial do CD Ser Humano, trabalho

Samba do Bule reúne tradição do samba no Bom Retiro e acontece toda última sexta do mês

Você já ouviu falar no Samba do Bule? A roda de samba que acontece toda última sexta do mês no Teatro Popular União e Olho Vivo, no Bom Retiro, em

“Mais maduro”, Alexandre Pires apoia retorno de grupos antigos e arrisca até samba rock em novo CD

Após dois anos e meio se apresentando ao lado do grupo Só Pra Contrariar, o cantor Alexandre Pires inicia na próxima sexta-feira (07), em São Paulo, a sua nova turnê

1 Comment

  1. Cleber Luis
    maio 29, 20:28 Reply
    Ae rapaziada que quer aprender a tocar cavaquinho, eu andava com muita dificuldade em tocar o instrumento, mais encontrei umas aulas que estao me ajudando muito, clique no meu nome e veja!

Deixe uma resposta