No ritmo do samba, Troféu Raça Negra 2015 presta homenagem especial ao cantor Marinho da Vila

No ritmo do samba, Troféu Raça Negra 2015 presta homenagem especial ao cantor Marinho da Vila

Emoção, lágrimas de alegria e uma enxurrada de aplausos marcaram a entrega do Troféu Raça Negra 2015, na noite do último domingo (15), na Sala São Paulo. Artistas, autoridades, personalidades, escritores estiveram por lá, seja para receber a premiação ou para prestigiar a noite de gala. O evento deste ano homenageou o cantor, compositor e escritor, Martinho da Vila, que recebeu o troféu ao lado da mulher Cleo e de parte de seus filhos. Prêmio Nobel de Literatura, Wole Soyinka também foi premiado. Ambos foram aplaudidos de pé.

Martinho agradeceu a honraria, falou de como é difícil ser homenageado e agradeceu todo carinho que recebeu e todo o empenho dos organizadores.

Soyinka, que já havia feito o seu discurso no início da cerimônia, também arriscou um obrigado ao receber o troféu das mãos do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e ao lado do reitor da Universidade Zumbi dos Palmares, José Vicente. O reitor, aliás, não deixou de fazer a sua usual saudação: Boa noite, Zumbi dos Palmares, e recebeu a resposta de um coro de mais de mil pessoas presentes.

Maria Julia Coutinho, a Maju, a garota do tempo do Jornal Nacional, da TV Globo, foi ovacionada ao ser chamada. Visivelmente emocionada, subiu ao palco para receber o seu troféu e disse que a luta contra o preconceito é de todos. “Dos heróis negros, da minha avó que era doméstica, dos meus pais, da moça que é cozinheira, da moça que limpa o banheiro da TV Globo. Tenho honra de fazer parte dessa luta e todos devemos pensar em um mundo mais gentil e acolhedor”, disse a jornalista.

O ator Érico Brás, sua mulher Kênia, e os dois filhos, Gabriela e Matheus também receberam seus troféus. A família toda foi premiada, entre outros pontos, pelo trabalho que desenvolve no canal do youtube Ta Bom pra Você?, onde refazem comerciais de TV só que apenas com atores negros, eles mesmos. Érico disse que atores negros também querem a sua fatia na publicidade. Érico e Kênia, aliás, foram mestres de cerimônia, ao lado de outro casal: Erika Januza e Hélio de La Peña.

Foram premiados também Nilcemar Nogueira, neta de cartola e fundadora do Museu do Samba, o chef e dono de restaurante José Alencar de Souza e a escritora Conceição Evaristo. Além deles, foram premiados também Marcus Vinícius Furtado Coêlho, presidente da OAB Nacional; Maurício Pestana, secretário de Promoção da Igualdade Racial de São Paulo; João Carlos Martins, maestro; Macaé Evaristo, secretária de Educação do Estado de Minas Gerais; e Lorival Ferreira dos Santos, juiz do Tribunal Regional do Trabalho de Campinas.

O Troféu Raça Negra é uma iniciativa da Afrobras (Sociedade Afrobrasileira de Desenvolvimento Sócio Cultural) e Universidade Zumbi dos Palmares e este ano teve Chico Spinosa como diretor artístico e Thobias do Vai-Vai como diretor musical.

Muita música no palco do troféu

O que não faltou na premiação foi música de qualidade. Nem só os premiados brilharam na entrega do Troféu Raça Negra, na Sala São Paulo. Subiram ao palco também Fafá de Belém, que cantou lindamente o Hino Nacional acompanhada do maestro João Carlos Martins, Leci Brandão, Maria Ceiça, Paula Lima, Elizeth Rosa, Péricles, Rappin Hood, Dexter, entre outros, que apresentaram canções do homenageado Martinho da Vila.

paulalima

Também chamaram a atenção bailarinos que fizeram uma performance, com capoeira e dança, nos corredores e no palco da casa de espetáculos. Na platéia o ator Sérgio Loroza, a deputada federal Benedita da Silva, o ministro do TSE Dias Tóffoli, a apresentadora Adriana Bombom, a atriz Lica Oliveira, o ex-atleta Robson Caetano e o cantor Simoninha.

pericles-cerimonia

About author

Luiz Teixeira
Luiz Teixeira 220 posts

Luiz Teixeira, 27 anos, é formado em jornalismo, com especialização em produção e apresentação de telejornal, desde 2009, pela Universidade Anhembi Morumbi. Trabalha desde 2007 na área e atualmente é repórter da Rádio Band News FM, de São Paulo. Natural de Taboão da Serra-SP, criou o site Samba & Pagode depois de um papo entre amigos do meio musical, assessores de imprensa, cantores e músicos.

Também recomendamos

Arlindo Cruz completa 59 anos e ganha música do filho como presente; ouça um trecho da nova canção

Um dos maiores nomes do samba e da música popular brasileira, o cantor Arlindo Cruz completa nesta quinta-feira 59 anos de idade. Internado desde março deste ano por conta de

Em outubro tem Zeca Pagodinho no Espaço das Américas apresentando seu novo CD “Ser Humano”

Quem gosta de Zeca Pagodinho e mora na cidade de São Paulo, não poderá perder a oportunidade de acompanhar o sambista em um show especial do CD Ser Humano, trabalho

Arlindinho fará shows do projeto “2 Arlindos” sozinho a pedido do pai: “O show tem que continuar”

O cantor Arlindinho, filho do sambista Arlindo Cruz, confirmou nesta quarta-feira (22) que vai retomar a agenda de shows que faria ao lado do pai, internado desde a última sexta-feira

0 Comments

Não há comentários ainda

Você pode ser o primeiro a Comentar este post